Arquitetura escolar: obras durante as férias

As escolas são organismos vivos, precisam de constantes adaptações, mudanças nos layouts, ampliações. Com o passar do tempo as necessidades de ajustes vão se tornando evidentes até que chega o momento de iniciar uma obra.

Um grande erro é iniciar as obras sem nenhum planejamento, acarretando maior número de gastos, surpresas desagradáveis, complicações desnecessárias que podem ser facilmente evitadas com um projeto arquitetônico.

Planejamento é a palavra chave para que as reformas durante as férias sejam bem-sucedidas. Começar a planejar com meses de antecedência é fundamental, já que muitas vezes as decisões de projeto precisam ser pensadas e discutidas por muitos membros do grupo escolar. Além disso, o processo de decisão pode ser mais lento, tendo em vista que os gestores demandam muito de seu tempo resolvendo os problemas da rotina escolar.

Outros pontos importantes a serem pensados são o tempo de duração da obra e a equipe que a executará. Uma equipe responsável irá respeitar o prazo e trabalhar de forma eficiente para um bom resultado dentro do tempo estipulado. Por se tratar de um período do ano que muitos profissionais entram em férias, a equipe tem que ser cuidadosamente escolhida.

Antes de iniciar os serviços, é necessário ainda ter um valor de investimento pré-definido para estabelecer as prioridades e saber se todos os itens serão atendidos ou se alguns ficarão para um segundo momento.

Por fim, um bom projeto arquitetônico irá contemplar todos os itens mencionados, auxiliará a elencar os principais pontos da reforma, será responsável por dispor os ambientes da melhor forma possível, auxiliará no planejamento da obra, possibilitará o desenvolvimento de um orçamento preliminar para verificar a viabilidade do investimento e será o responsável por gerar quantitativos para as compras, para que não haja excesso ou falta de material. Tendo como resultado a agilidade na execução e a assertividade no resultado final.

Fonte imagem:

Disponível em: http://agenda2020.com.br/page/11/?p=baogrmpmxx

Acessado em 23 de janeiro de 2018.