Agregando valores ao projeto arquitetônico das instituições de ensino

Quando se inicia a ampliação ou construção de um complexo educacional, temos de um lado o programa de necessidade da instituição e do outro a expectativa de cada integrante do corpo docente e coordenação para fazer do espaço o melhor possível para todos.

Cada instituição de ensino tem sua abordagem pedagógica que deve ser apresentada e enfatizada, pois será o ponto de partida para a concepção dos espaços. Outro fator que influencia fortemente nas decisões de projeto é o público alvo.  Uma escola que atende todos os níveis de ensino (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e ensino superior) deve ser tratada com muito cuidado, para possibilitar que cada um destes grupos tenha um espaço de qualidade correspondente a sua fase escolar. Um aluno do ensino superior precisa estar em um ambiente condizente com sua atual fase, sendo estimulado a investigar o mercado e ao mesmo tempo estar em contato com pesquisas acadêmicas, assim como os alunos de educação infantil que precisam de elementos lúdicos que estimulem o desenvolvimento e a  aprendizagem.

Atender a toda esta demanda necessita de muito diálogo, pois trata-se de organizar todo o complexo funcionamento de um centro de educação aliado a uma arquitetura de qualidade que agrade a muitos interessados.

Imagem disponível em: https://www.habitusbrasil.com/arquitetura-escolar-qualidade-de-ensino/

Acessado em outubro de 2017.